13/05/2016

Manutenção de Notebooks - Como começar do zero ?

De acordo com a consultoria internacional iSuppli, no final do ano passado as vendas de notebooks superaram pela primeira vez as de desktops (computadores de mesa), que aumentaram em 40%, o que corresponde a 38,6 milhões de unidades. 

Conforme estudo contratado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) junto ao IT Data, a indústria de computadores pessoais comercializou, no primeiro trimestre deste ano, 2,217 milhões de unidades e, deste total, 1,507 milhão foram de desktops, que apontaram queda de 18% em relação ao período citado, e 710 mil foram de notebooks, que cresceram 7%.

Os computadores portáteis possuem as mesmas características presentes nos computadores pessoais com Placa-mãe, processador, Disco rígido e memória.


DEMANDA ATRAENTE

O técnico eletrônico Edno Fernandes Aguiar trabalhava com manutenção de monitores de computadores desktop e, há cerca de dez anos resolveu mudar de área. "Percebi que a demanda por notebooks aumentaria e decidi me especializar nessa área", afirma. 

Ele conta que, na ocasião, os notebooks eram mais comuns em empresas e raramente para uso pessoal. "Interessei-me pela área e vi que valia a pena investir. Fiz bem, pois é uma área que está crescendo como nunca", conta.

Em 2005, Edno abriu a própria empresa, a Bug Informática, focada em conserto de notebooks. Para se especializar na área, ele complementou, com vários cursos de eletrônica, a experiência que adquiriu quando trabalhou em uma autorizada da HP. "Fiz, inclusive, cursos específicos de manutenção dessas máquinas para aprender a solucionar os problemas mais comuns", conta. 


O técnico se sente feliz por sua escolha, apesar de ter enfrentado problemas no início. "As peças eram caras e difíceis de encontrar. Atualmente, tudo está mais acessível", diz Edno, que vê a portabilidade como a característica que mais atrai na compra de um notebook.

MAIS DEFEITUOSOS
O técnico ressalta que os notebooks dão mais defeito do que antigamente. Ele afirma que, para tomar o custo das máquinas ainda mais acessível, os fabricantes utilizam materiais com menos qualidade e placas com menos solda, o que deixa as máquinas mais sensíveis aumentando a demanda por serviços de manutenção. “Assim, até movimentá-lo muito faz com que ele se estrague mais facilmente”, diz.

O curso "Manutenção de Notebooks", produzido pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, sob a Coordenação Técnica do Prof. Marcos Jerônimo dos Santos, especialista em manutenção de equipamentos de informática, professor do SENAI e SENAC - RJ, diretor de conceituada escola de treinamento, que está há mais de 10 anos no mercado, aborda o funcionamento básico do notebook, cuidados especiais com o notebook e manutenção corretiva.

*Fonte: Jornal O TEMPO, Belo Horizonte, MG, 07/06/2009. É o
 site www.cpt.com.br.

Veja também Como ligar placa mãe notebook sem botão de power

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts

Pesquisar este blog