Estabilizador de Energia Para PC - Como funciona ?


A fonte de alimentação transformar as tensões comuns da rede elétrica em níveis compatíveis da CPU e protege os equipamentos contra interferências e variações nos níveis de tensão da rede elétrica.

Ela é composta normalmente por um fusível de proteção, uma chave seletora da tensão da rede, tomadas de saída para que você ligue os aparelhos, chave liga/desliga, (geralmente a tensão de saída do estabilizador e de 115V).

Além disso, bons estabilizadores tem filtro de entrada, de modo a filtrar ruídos vindos através da rede elétrica, e filtros de saída, de modo a não permitir que periféricos como impressoras, gerem ruídos para o computador e para o restante da rede elétrica.

Com isto quero dizer que um
a fonte converte a tensão alternada AC 220/110 nas tensões continuas (DC ou VDC), que a mesma encontrada em pilhas e em baterias.

As tensões “geradas” pela fonte são quatro:

A tensão de 5 VOLTS de corrente contínua alimentam principalmente os processadores, memórias e alguns outros circuitos digitais.

A tensão de 12 VOLTS de corrente contínua alimentam os motores dos acionadores de discos flexíveis, discos rígidos e outro motores.

As tensões de 12 e -12 VOLTS de corrente contínua alimentam os circuitos das portas serias.

A tensão de -5 VOLTS é utilizada por alguns componentes periféricos ligados a CPU.

PRINCIPAIS DEFEITOS

Para o usuário, a fonte de alimentação é um componente de difícil manutenção pela necessidade de um conhecimento eletrônico razoável.

Os defeitos mais comuns são o fusível e o ventilador que por vezes gera ruídos ou não gira corretamente.
O caso o estabilizador ou nobreak, Tome cuidado a liga-lo. 

Sempre verifique a tensão de entrada com a tensão da rede elétrica da tomada.

Existe uma etiqueta com a informações de entrada e saída que normalmente fica embaixo ou atrás do estabilizador ou do nobreak.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trending