Software Livre x Software Proprietário

Neste artigo iremos falar e sobre noções de software que é uma parte bem importante tanto para profissionais da setor de TI, como também para quem vai prestar concurso públicos.

O papo hoje e softwares, mais precisamente proprietário e livre. Qual é a diferença entre software livre e software proprietário?

Primeiro vamos entender o conceito do que são softwares, software e a parte inteligente do computador, ou seja, que não pode ser tocada, à parte que não é física. Diferente do hardware que a parte física do computador, a parte mecânica.

Todo software é formado por um código que faz esse software funcionar, um código desenvolvido por um programador. Então o software é a parte inteligente, a parte dos programas.

Windows é um software, o Word é um software, também conhecidos como programas.

Os softwares tem uma classificação de acordo com a distribuição.

Hoje vamos saber como é que ele é distribuído no mercado, sobre qual licença de uso ele é distribuído, como é que você pode usar esse software de acordo com a licença de uso, e especificamente nós vamos falar da diferença entre software livre e software proprietário.

 

Software proprietário

Vamos começar falando sobre software proprietário. O que são os softwares proprietários? Software proprietários são aqueles em que o dono do software exigem mais regras do que te dá liberdades.

Então eu costumo associar softwares proprietários há mais regras, mais limitações para o uso desse software.

É um software que naturalmente existe um dono ou uma empresa, ele pode ser também uma pessoa que detém os direitos autorais do software e impõe uma grande gama de regras para que vocês possam usar esse software.

Ou seja, a principal característica do software proprietário não é o fato de ter dono, mas é o fato do proprietário aplicar mais regras do que dar liberdade ao usuário.

Já vale destacar diante mão que o software livre também tem dono e também têm direitos autorais, só que diferente do software proprietário o dono garante a vocês mais liberdades, não é imposta uma grande quantidade de regras.

Então lembre-se, livre liberdades, Proprietário, mais regras do que liberdade.

Então vamos continuar falando do software proprietário. Então nós temos os softwares proprietários que são distribuídos no mercado que são impostas às regras mais garantido algumas liberdades ao usuário.

São distribuídos de forma gratuita, chamados freewares que são aqueles que são distribuídos de forma gratuita, exigem também regras. O que ele não exige é pagamento de licença para uso.

Um Exemplo que nós temos de proprietários gratuitos e o Skype.

Tire uma coisa da cabeça, que nem todo software gratuito e livre e nem todo software livre e gratuito também.

Então gratuito pode ser proprietário também, um software gratuito proprietário a gente chama ele de freewares.

E os softwares proprietários que são pagos? nós chamamos ele de Payware é a modalidade de software pago comercial, àquele que exige pagamento de licença para usar.

E além da modalidade freewares e Payware, também temos a modalidade sharewares, também chama de amostra grátis do programa, ou seja, você não paga nada para usar, só que é só uma amostra, só uma demonstração.

Na verdade isso aqui é um marketing se você gostar do programa você compra para usar.

 

Software livre

Vamos aos softwares livres. Diferentes dos proprietários são aqueles que me garante liberdades. Eles possuem quatro liberdades:
  1. Executar um Software
  2. Estudar o Software
  3. Modificar o Software
  4. Distribuir o Software
Essas são as quatro liberdades de um software livre executar, estudar, modificar e distribuir.

A liberdade executar é a liberdade de usa para qualquer propósito, seja em casa ou uma empresa para fins comerciais.

Já o estudo e a modificação é para eu estudar um programa, como ele foi desenvolvido. Ou seja o programador que criou o programa tem que me disponibilizar o código fonte para eu aprender como ele foi desenvolvido, e se eu virar um nerd, eu vou modificar e adaptar ele do jeito que eu preciso para as minhas necessidades.

Então para estudar em modificar o código fonte do programa
deve estar aberto.

A distribuição do software no caso do software livre ela pode ser gratuita mas ela também pode ser paga.

O Linux é um exemplo de software livre. Eu posso baixar o Linux na internet de forma gratuita, estudar, modificar, adaptar e melhorar colocando mais ferramentas e vender pelo um preço x.

Post a Comment

Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós

Postagem Anterior Próxima Postagem